ÁGUAS DE MARÇO: UMA ANÁLISE GRAMÁTICO-DISCURSIVA QUANTO AO USO DO SUBSTANTIVO EM CANÇÃO DE TOM JOBIM

Rafael Prearo Lima

Resumo


Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise gramático-discursiva, tendo como corpus a letra da canção Águas de Março (1973), de Tom Jobim. Como suporte teórico para o desenvolvimento desta análise, utilizaremos como referência a Gramática Descritiva em diálogo com a Análise do Discurso de linha francesa, observando o uso de substantivos na composição da letra dessa canção e as diferentes representações imaginárias construídas interdiscursivamente por meio deles.

Texto completo:

PDF




----

Indexação: LatIndex | Diadorim

ISSN: 2177-1960