PENSAMENTO FEMINISTA E CIDADANIA NO BRASIL

Elena de Oliveira Schuck

Resumo


Tratamos sobre o desafio de inserção do pensamento feminista na agenda de pesquisa acadêmica brasileira. Sendo a complexidade a fala do subalterno um dilema da cidadania, alertamos para a necessidade em se falar de gênero articulando-o à raça, à classe, e à sexualidade. As reflexões trazidas nesse trabalho partem dos processos de construção de conhecimento consoantes às críticas ao colonialismo e à dominação epistemológica eurocentrada, a partir de uma perspectiva feminista latino-americana.

Texto completo:

PDF