A POLIGAMIA E O LOBOLO NA OBRA DE PAULINA CHIZIANE

Eli Mendes Lara

Resumo


Este artigo discute a poligamia e o lobolo, em Moçambique e analisa o romance Balada de amor ao vento, de Paulina Chiziane, que critica as tradições arcaicas impostas ao universo feminino. A narradora-protagonista estimula a consciência das mulheres em busca de seus valores. A figura feminina está sempre presente na obra, com uma voz que reivindica pelos seus direitos, revendo o passado e discutindo a possibilidade de ser mulher em um mundo contemporâneo.

Texto completo:

PDF