O Senado Federal e as mídias sociais: o caso da campanha de exortação ao voto consciente

Paulo Ricardo Meira

Resumo


Em 2010, os brasileiros estiveram aptos a eleger os novos integrantes dos poderes executivo e legislativo do País. O presente artigo explora o esforço do Senado Federal no estímulo ao voto por meio de uma campanha de comunicação que envolveu, pela primeira vez, as mídias sociais com esse intuito, pela instituição. O método de pesquisa é basicamente o de estudo de caso, no qual se utilizou igualmente revisão bibliográfica. O objetivo geral era o de promover a ideia de um voto consciente para os candidatos ao Congresso pelo eleitorado brasileiro. Para determinação do melhor posicionamento da campanha de exortação ao voto, utilizou-se aqui o Modelo de Composto de Estratégias para a Mudança Social Planejada, de Jagdish Sheth e Gary Frazier, pelo qual, para a escolha da melhor estratégia para um programa de mudança social específico em uma população determinada, é necessário levar-se em conta a atitude dessa população em relação à mudança. São apresentados, no artigo sobre o caso, os desafios que deveriam ser superados, e os resultados atingidos a partir do esforço de campanha.

Texto completo:

PDF


ISSN: 2176-9907