Para além dos intertextos: o trabalho com as palavras em “Manuscrito do fogo” de Mariana Ianelli

Eliza da Silva Martins PERON

Resumo


Queremos evidenciar que a autora tece por meio do artifício com a linguagem, não somente uma rede intertextual ou uma temática sobre a morte, mas, exatamente por meio desse tema, incita seus leitores a observarem nas entrelinhas o movimento da vida. Ata, portanto, morte e vida, o passado e o presente por meio do trabalho com a linguagem. Essa constitui o elemento, o cinzel com que a autora revifica, seja pelo dito ou pelos silêncios e atribui significados entre o diálogo e a renovação.

Palavras-chave


Linguagem, Palavras, Intertextos.

Texto completo:

PDF




----

Indexação: LatIndex | Diadorim

ISSN: 2177-1960