A questão da literariedade e a mística do pacto com o diabo em “Grande sertão: veredas”

Taís Salbé CARVALHO, Antônio Máximo FERRAZ

Resumo


O presente trabalho reflete sobre a questão da literariedade a partir da mística do pacto com o diabo existente na obra de João Guimarães Rosa, tendo em mente que toda grande obra de arte, quando se permite que ela se manifeste naquilo que ela é – sua poiésis –, inaugura mundo e instaura a verdade. Para tanto, discorremos sobre algumas questões primordiais ao exercício de escuta crítica: a relação intérprete–texto literário; o questionar pela linguagem narrativa; e a relação homem–real, pensadas no vigor da dialética.

Palavras-chave


Literariedade, Escuta Crítica, Mística do Pacto, Grande Sertão: Veredas

Texto completo:

PDF




----

Indexação: LatIndex | Diadorim

ISSN: 2177-1960