DA TRANSGRESSÃO AO NORMATIVO: LADY GAGA, RASTROS DO BARROCO NA CULTURA POP/From transgression to normative: Lady Gaga, traces of baroque in pop culture

Fabio Pezzi Parode, Maximiliano Zapata

Resumo


Este artigo busca investigar o processo de espetacularização da cantora e compositora Lady Gaga, dos anos 2010 até o presente, buscando identificar elementos de uma estética que perpassa valores transgressivos mas que, ao longo do tempo, perde intensidade, e vai expressando elementos de normatividade. De forma exploratória, buscaremos com o apoio das teorias espinosianas, foucaultianas e deleuzianas traçar um percurso que possa evidenciar os tensionamentos de uma estética dentro de um quadro de valores entre a arte de ruptura e os capitalísticos da indústria cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. & HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Trad. Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

ECO, U. Apocalípticos e integrados. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1993.

EWALD, F. Foucault, a norma e o direito. Lisboa: Vega, 1993.

DELEUZE, G. E GUATTARI, F. O anti-édipo: capitalismo e esquizofrenia. Trad. De Luis B. L. Orlandi. São Paulo: Ed. 34, 2010.

DELEUZE, G. Différence et répétition. Paris: Presses Universitaire de France, 1968.

DELEUZE, G. A dobra: Leibniz e o Barroco. Campinas, São Paulo: Papirus, 1991.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. São Paulo: Ed. Loyola, 1996.

FOUCAULT, M. História da loucura. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1978.

FOUCAULT, M. Microfisica do poder. São Paulo: Graal, 2008.

FOUCAULT, M. Dits et écris I, 1945-1975. Paris: Gallimard, 1994.

GUATTARI, F. Revolução Molecular: pulsações políticas do desejo. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1981.

NIETZSCHE, F. La volonté de puissance II. Paris: Gallimard, 1995.

NIETZSCHE, F. A origem da tragédia. São Paulo: Editora Moraes, s.d.

SPINOZA, B. Traité politique. Paris: Librairie Générale Française, 2002.

VERGANTI, R. Design Driven Innovation: Changing the Rules of Competition by Radically Innovating What Things Mean. Boston: Harvard Business Press, 2009.

WOLFFLIN, H. Conceptos fundamentales de la história del arte. Madrid: Espasa-Calpe, 1952.





ISSN | 2177-4870