Design de moda e cultura Queer: o devir-drag como expressão de gênero/Fashion design and queer culture: The drag-becoming as an expression of gender

Maximiliano Zapata, Nythamar Hilário De Oliveira Jr

Resumo


O consumo colaborativo tem sido reconhecido como uma prática que coopera para a redução do uso de recursos A partir da ontologia do design de moda, este artigo busca contribuir com o debate sobre gênero e diversidade sexual, buscando questionar e ampliar o sentido da noção expressão de gênero. Neste estudo, desenvolvemos a tese de que expressão de gênero e design de moda se equivalem enquanto objetos parciais. Na perspectiva dos estudos de Deleuze e Guattari, parte-se do pressuposto de que ambos operam num corpo em devir, seja como intervenções no corpo sexuado da drag (agenciadas pelo design de moda), ou como nas ressignificações dentro do corpo social, promovendo portanto rupturas no paradigma da heteronormatividade. A questão problema que conduz esta investigação é: Como a ontologia do design de moda pode contribuir com o debate da visibilidade drag? Para responder a este questionamento faremos uma aproximação entre os conceitos de objeto parcial e devires-minoritários, para posteriormente confrontá-los com os processos de subjetivação que afetam o corpo sexuado.

Texto completo:

PDF

Referências


BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.

DELEUZE, Gilles. A ilha deserta: e outros escritos. São Paulo: Iluminuras, 2006.

FABRI, Hélcio. Transgêneros na moda: design corporal e visibilidade ‘trans’ na comunicação de moda. In revista dObra[s], São Paulo: Estação das letras, Vol. 8, Num. 17, mai 2015, pp. 46-54.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. São Paulo: Ed. Graal, 2008.

GUATTARI, Felix. Revolução Molecular: pulsações políticas do desejo. São Paulo: Editora brasilense, 1981.

GUATTARI, Felix; ROLNIK, Suely. Micropolítica: Cartografias do Desejo. Petrópolis: Vozes, 1996.

PRECIOSA, Rosane. Moda na filosofia. In revista dObra[s], São Paulo: Estação das letras, Vol. 2, Num. 4, sep 2008, pp. 61-2.

SPARGO, Tamsin. Foucault e a teoria queer. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

VITTAR, Pabllo. K.O. (Videoclipe Oficial), Youtube, 19 abr 2017. Disponível em , acesso em 26 out 2017.





ISSN | 2177-4870